Cedir Cedilab

Pentavalente

A vacina PENTAVALENTE acelular, também conhecida como DTPa + VIP + Hib, é uma vacina inativada que protege contra 5 tipos diferentes de bactérias, Difteria, Tétano, Coqueluche (DTPa), Poliomielite (VIP) e Haemophilus influenzae tipo b (ou Hib, uma das causadoras de meningite).

Categoria: Tag:

Descrição

A vacina PENTAVALENTE acelular, também conhecida como DTPa + VIP + Hib, é uma vacina inativada que protege contra 5 tipos diferentes de bactérias, Difteria, Tétano, Coqueluche (DTPa), Poliomielite (VIP) e Haemophilus influenzae tipo b (ou Hib, uma das causadoras de meningite). São administradas juntas com segurança em uma mesma aplicação por via intramuscular. É indicada para o esquema vacinal primário de crianças no primeiro ano de vida e para o reforço no segundo ano de vida.

Pode ser encontrada no CEDIR CEDIRLAB. O SUS disponibiliza a vacina Pentavalente celular, que sua vez protege contra: Difteria, Tétano, Coqueluche, Hib e Hepatite B, sendo a Poliomielite administrada separadamente.

A Vacina Pentavalente Acelular (Difteria, Tétano, Coqueluche, Meningite por Hib e Poliomielite Inativada) protege contra:

Difteria, tétano, coqueluche, meningite por Hib (bactéria Haemophilus influenzae tipo b) e poliomielite.

A Vacina Pentavalente Acelular (Difteria, Tétano, Coqueluche, Meningite por Hib e Poliomielite Inativada) é indicada para:

– Bebês aos 4 e 15 meses de idade e em crianças até 7 anos de idade;
– Aos 2 e 6 meses de idade, caso a vacina Hexavalente acelular esteja em falta (nesses casos, complementar com a vacina de hepatite B pediátrica);
– Crianças que já tiveram tétano, difteria, doença causada pelo Hib e/ou coqueluche devem ser imunizadas, uma vez que estas doenças não conferem proteção permanente contra novas infecções.

Contraindicação da Vacina Pentavalente Acelular (Difteria, Tétano, Coqueluche, Meningite por Hib e Poliomielite Inativada):

– Maiores de 7 anos;
– Anafilaxia a qualquer componente da vacina.

Doses da Vacina Pentavalente Acelular (Difteria, Tétano, Coqueluche, Meningite por Hib e Poliomielite Inativada):

– Uma dose aos 4 e 15 meses de idade;
– Aos 2 e 6 meses de idade, caso a vacina Hexavalente acelular esteja em falta (nesses casos, complementar com a vacina de hepatite B pediátrica).

Como é aplicada a Vacina Pentavalente Acelular (Difteria, Tétano, Coqueluche, Meningite por Hib e Poliomielite Inativada):

Intramuscular

Diferenciais da Vacina Pentavalente Acelular (Difteria, Tétano, Coqueluche, Meningite por Hib e Poliomielite Inativada):

VACINA PÚBLICA
VACINA PARTICULAR
Disponível na apresentação células inteiras (DTPw + Hib + HB), que possui células inteiras na fração pertussis;
Disponível na apresentação (DTPa + Hib + IPV), sendo considerada mais purificada devido a ausência de células inteiras da fração pertussis;
Eventos adversos graves conferem maior probabilidade de ocorrência;
Efeitos adversos, quando ocorrem, são muito mais leves;
Não possui a proteção contra a poliomielite na sua composição, sendo necessária outra aplicação intramuscular separada – são duas aplicações para conferir a proteção necessária.
Proteção contra a poliomielite (IPV ou VIP);
Necessário apenas uma única aplicação para protege contra as 5 doenças.

Quais as possíveis reações da Vacina Pentavalente Acelular (Difteria, Tétano, Coqueluche, Meningite por Hib e Poliomielite Inativada)?

– Os efeitos adversos e a frequência com que ocorrem são significativamente menores quando comparados com a vacina oferecida pelo SUS (pertussis de células inteiras – DTPw);
– Efeitos adversos muito comuns (1/10): perda de apetite, irritabilidade, choro anormal e inquietação, sonolência, Reações no local da injeção, como dor, vermelhidão e edema (≤50 mm); febre (38ºC);
– Efeitos adversos comuns (1/100 e 1/10): diarreia e vômito, Reações no local da aplicação, que incluem enduração e edema (50 mm);
– Efeitos adversos incomuns (1/1.000 e ;1/100): infecções do trato respiratório superior, linfadenopatia, tosse, bronquite e rinorreia, rash e urticária, Febre2 (39,5ºC), fadiga, edema difuso do membro em que foi aplicada a vacina, às vezes envolvendo a articulação adjacente;
– Efeito raro (1/10.000 e 1/1.000): prurido e dermatite.

ORIENTAÇÕES:
– Compressas frias aliviam a reação no local da aplicação;
– Em casos mais intensos pode ser usada medicação para dor, sob prescrição médica;
– Qualquer sintoma grave e/ou inesperado após a vacinação deve ser notificado ao CEDIR CEDIRLAB;
– Sintomas de eventos adversos persistentes, que se prolongam por mais de 24-72 horas (dependendo do sintoma), devem ser investigados para verificação de outras causas.

Qual a composição da Vacina Pentavalente Acelular (Difteria, Tétano, Coqueluche, Meningite por Hib e Poliomielite Inativada)?

Toxóide diftérico, toxóide tetânico, toxoide pertussis, poliovírus inativado tipos 1, 2 e 3 (IPV) e polissacarídeo de Haemophilus influenzae tipo b conjugado ao toxoide tetânico como proteína carreadora.

IMPORTANTE:
Trata-se de vacina inativada, portanto, não tem como causar a doença.

Como me preparo para tomar a Vacina Pentavalente Acelular (Difteria, Tétano, Coqueluche, Meningite por Hib e Poliomielite Inativada)?

– Não são necessários cuidados especiais antes da vacinação;
– Em caso de doença aguda com febre alta, a vacinação deve ser adiada até que ocorra a melhora;
– Em pessoas com doenças que aumentam o risco de sangramento, a aplicação intramuscular pode ser substituída pela subcutânea.

A Vacina Pentavalente Acelular (Difteria, Tétano, Coqueluche, Meningite por Hib e Poliomielite Inativada) é disponibilizada no SUS?

Não. Só pode ser encontrada nos serviços privados de vacinação.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Pentavalente”

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda? Fale conosco