Cedir Cedilab

Fósforo

O fósforo está presente em grande quantidade dentro das nossas células. Junto com o cálcio, ele é um dos principais formadores dos ossos. Outra função do fósforo é o armazenamento de energia. Quando sua quantidade no sangue está baixa, o corpo usa mecanismos que tiram fósforo dos ossos, aumentam a absorção intestinal e diminuem a eliminação urinária de fósforo. Essa regulação é feita principalmente pelo hormônio PTH, produzido na glândula paratireoide, e pela vitamina D.

Categoria:

Descrição

Por que fazer o exame Fósforo?

Em mulheres após a menopausa, acontecem naturalmente algumas alterações hormonais. Isso pode levar a uma queda do nível sanguíneo de fósforo, que deve ser investigada por meio desse exame.

Como é feito o exame Fósforo?

Esse exame é feito com amostra de sangue, que pode ser coletado no laboratório ou por um técnico em visita. O sangue é colhido de uma veia, geralmente no braço. Antes do procedimento, a área escolhida será limpa com algodão embebido em álcool. Acima do local limpo o braço será garroteado,  para pressionar a circulação e a veia fica mais evidente. A seguir uma agulha fina é delicadamente introduzida na veia para que o sangue seja coletado. Depois de coletado o sangue nos tubos, de acordo com os exames a serem realizados, a amostra é encaminhada ao laboratório para a realização das análises. Este processo é simples e breve, mas pode causar um certo desconforto, como a dor no momento da introdução da agulha , porém os técnicos estão preparados para auxiliar em qualquer dificuldade. Algumas vezes o local da punção pode ficar ligeiramente roxo,  que regride em poucos dias, se isto acontecer e causar algum desconforto, procure orientação. Vale lembrar que os benefícios do exame superam os pequenos incômodos.

Quais são os resultados possíveis para o exame Fósforo?

Resultados menores que 2,30 mg/dL são considerados baixos. Isso pode acontecer em pessoas com doenças do intestino, dos rins e das paratireóides. Também pode ser causado pelo uso de remédio contendo hidróxido de alumínio. Os sintomas incluem fraqueza muscular, confusão mental e até convulsões. Os valores entre 2,30 mg/dL e 4,70 mg/dL estão dentro da faixa normal. Resultados maiores que 4,70 mg/dL: são altos. Podem ser causados por doença das paratireóides, grandes traumas musculares, por intoxicação pela vitamina D e pela terapia contra alguns tipos de tumor. Alguns possíveis sintomas são contrações musculares dolorosas e convulsões. Tanto os valores altos quanto baixos precisam de acompanhamento médico.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Fósforo”

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda? Fale conosco