Cedir Cedilab

ANTICORPOS ANTI ESTREPTOCOCCUS [DNAASE B]

Preparação:

Tubo seco: (ADNAB)Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame. Tubo com gel separador: (ADNAB)Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. Após este período, centrifugar a amostra para obtenção do soro (sobrenadante) e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame.

Categoria:

Descrição

Os anticorpos B DNAase reagem contra exoenzima da desoxiribonuclease B produzida pelos estreptococos. A detecção destes anticorpos indica infecção estreptocócica presente ou passada (febre reumática, escarlatina, tonsilite, glomerulonefrite, entre outras). A reação dos anticorpos contra os estreptococos DNAse B inicia-se posteriormente à formação de anticorpos contra a estreptolisina O (ASLO). Nas infecções da pele, raramente ocorre um aumento da concentração de anti-estreptolisina, ao mesmo tempo em que se pode observar uma subida do título de ADNase B. Para um diagnóstico mais sensível, sugere-se a realização de ambos exames. A pesquisa de ambos (ASLO e anti-DNase B) confere maior sensibilidade. Finalmente, os anticorpos anti-DNase B persistem por mais tempo que ASLO, contribuindo para o diagnóstico em casos mais tardios.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “ANTICORPOS ANTI ESTREPTOCOCCUS [DNAASE B]”

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda? Fale conosco