Cedir Cedilab

ANTICORPOS ANTI – ESPERMATOZÓIDE

Preparação:

Tubo seco: (AESP)Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame. Tubo com gel separador: (AESP)Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. Após este período, centrifugar a amostra para obtenção do soro (sobrenadante) e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame.

Categoria:

Descrição

Anticorpos anti-espermatozóides (AAE) são causadores da infertilidade em muitos casais. Por conter um número reduzido de cromossomos, os espermatozóides ou seus fragmentos, ao entrarem em contato com o sangue podem ser reconhecidos como um corpo estranho e desencadear uma reação imunológica, produzindo anticorpos anti-espermatozóide. Por essa razão, a espermatogênese normalmente acontece atrás de uma ‘barreira imunológica’ nos testículos. Mas, em alguns indivíduos, os espermatozóides conseguem atravessar essa barreira, estimulando, assim, a produção de anticorpos. Uma vez que o sistema imunológico tenha sido sensibilizado pelos espermatozóides, é extremamente difícil reverter o processo. Os anticorpos então, entram no fluido seminal, causam aglutinação dos espermatozóides e reduzem severamente sua motilidade, acarretando em infertilidade.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “ANTICORPOS ANTI – ESPERMATOZÓIDE”

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda? Fale conosco