Cedir Cedilab

Ácido Mandélico, Início de Jornada

O ácido mandélico é o principal indicador biológico da exposição ocupacional ao estireno, que ocorre durante a produção de polímeros plásticos, como poliestireno, resinas , borracha sintética e produtos de fibra de vidro. O estireno é absorvido em cerca de 98% pela via pulmonar e em 2% pela pele.O esforço físico durante a exposição favorece a absorção. O etilbenzeno é outra substância que é metabolizada em ácido mandélico. Este solvente é utilizado como aditivo em combustível e na produção de estireno. O etilbenzeno tem também como metabólito o ácido fenilglioxílico. Estes metabólitos precisam ser coletados na urina após no mínimo dois dias de exposição ao solvente.Menos de 3% do estireno é excretado na forma inalterada, 85%, na forma de ácido mandélico na urina e o restante, na forma de ácido fenilglioxílico na urina

Categoria:

Descrição

Como me preparar para o exame Ácido Mandélico, Início de Jornada?

Colher urina após retenção urinária mínima de 4 horas. Lavar as
mãos, fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o
1º jato de urina e coletar o jato médio em frasco próprio.
Colher amostra de urina ao final do último dia de jornada de
trabalho da semana. Evitar a primeira jornada de trabalho da semana.

Como é feito o exame Ácido Mandélico, Início de Jornada?

O exame Ácido Mandélico, Início de Jornada é realizado é feito a partir da análise de amostra de e o resultado é liberado em 0 dias úteis.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Ácido Mandélico, Início de Jornada”

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda? Fale conosco